Comissão faz consulta a atletas sobre Eleição

LOGO CBHG

A Comissão de Atletas da CBHG, composta atualmente apenas pelos atletas Matheus Borges e Dayanny Miranda, enviou comunicado aos clubes em relação às eleições para a Presidência no próximo dia 28. Eles dizem que ainda não sabem se a Comissão terá direito a voto, devido ao fato de a mesma estar reduzida a apenas dois atletas, depois que três deixaram a Comissão (Thiago de Mattos, André Pires e Igor Almeida). Eles afirmam ainda que até hoje não conseguiram formular um regimento interno por vários motivos.

Matheus e Dayanny dizem que após conversarem muito decidiram enviar e-mail para os clubes, para que estes respondam com o nome e o voto de cada atleta federado, individualmente, e não apenas o voto do clube. O prazo pedido pela Comissão de Atletas é até o dia 26 de março. Eles vão contabilizar os votos, e a chapa com mais votos receberá o voto da Comissão caso essa possa votar na Assembleia do dia 28. Lembrando: o voto é individual, de cada atleta, não do clube. Procure seu clube e participe com seu voto.

Júlio Neves e Bruno Patrício vão disputar a presidência da CBHG

julio bruno

Depois de muita expectativa e a 11 dias da eleição, a CBHG divulgou as chapas concorrentes à presidência da entidade. Estão na disputa pelo cargo Júlio Neves, atual diretor-geral da Federação Pan-Americana de Hóquei (PAHF) e Bruno Patrício, gerente-geral da CBHG. A chapa tem perfis diferentes: na Chapa 1, da situação, além de Bruno são ligados ao hóquei o candidato a vice-presidente, Frederico Rubinato, o Fredão, e os candidatos ao Conselho Fiscal Junio Miguel e Roberto Lopes. Fredão é ex-atleta da seleção brasileira e do Rio Hóquei, Junio atleta do Deodoro e Roberto do Rio Hóquei. Os demais candidatos ao Conselho Fiscal não são do hóquei sobre grama.

Na Chapa 2, da oposição e denominada Muda Hóquei, o candidato à vice-presidência é Antonio Buzatto, o Tonico, manager do Germânia. O Conselho Fiscal tem atletas bem conhecidos no hóquei nacional, representando três estados e quase todos com passagem pela Seleção Brasileira. São eles: Thiago Pacheco (Seleção e Desterro), Alessandra Flores – Leka (Seleção e Florianópolis), Leonardo Marafoni (Seleção, Florianópolis e Deodoro), Luis Felipe Réus – Lua (Seleção e Florianópolis), Nathália Marques (Seleção e Carioca) e Soraya Mercez (Macau).

As eleições acontecem no próximo dia 28 (terça-feira), às 10h30, na sede da CBHG no centro do Rio de Janeiro.

Veja as chapas completas:

 

Chapa 1:

Presidente: Bruno Patricio Oliveira da Silva
Vice-Presidente: Frederico Carneiro Garcez Rubinato
Conselheiro Fiscal Efetivo: Roberto Lopes de Almeida
Conselheiro Fiscal Efetivo: Herbert Nunes Rodrigues
Conselheiro Fiscal Efetivo: Junio Miguel da Silva
Conselheiro Fiscal Suplente: Angela Regina Ferreira
Conselheiro Fiscal Suplente: Eduardo Sales de Azeredo
Conselheiro Fiscal Suplente: Ronir de Mello Nascimento

Chapa 2 (Muda Hóquei):

Presidente: Júlio Fagundes Neves
Vice-Presidente: Antônio Carlos Buzatto
Conselheiro Fiscal Efetivo: Thiago da Veiga Pacheco
Conselheiro Fiscal Efetivo: Nathália Marques dos Santos
Conselheiro Fiscal Efetivo: Alessandra Lopes Flores
Conselheiro Fiscal Suplente: Leonardo Lopes Marafoni
Conselheiro Fiscal Suplente: Luís Felipe Reus
Conselheiro Fiscal Suplente: Soraya Mercez Seles Felipe

Divulgação de chapas fica com o presidente da CBHG

sydnei

O presidente da CBHG, Sydnei Rocha

Em resposta a e-mail enviado pela reportagem do Hóquei Brasil, o gerente-geral da CBHG, Bruno Patrício, disse que o assunto ELEIÇÕES não está sendo conduzido por ele, mas diretamente pela presidência da confederação. Ele informou ainda que a pergunta sobre a composição das chapas já foi encaminhada para o presidente. A 13 dias das eleições, a comunidade do hóquei aguarda a divulgação dos nomes por Sydnei Rocha. Ainda não foi anunciado se ele vai concorrer a mais um mandato. Sydnei está no poder desde que a entidade foi criada.

Cadê as chapas concorrentes à presidência da CBHG?

cbhg

Terminou no último dia 8 (quarta-feira) o prazo para que a CBHG recebesse as chapas inscritas para concorrer à presidência da confederação no dia 28 de março. Mas após uma semana a entidade ainda não divulgou as chapas concorrentes, como também não fez no último pleito. Mais uma vez cobramos a divulgação dos nomes que vão concorrer, mas ainda não recebemos resposta da CBHG. O Hóquei Brasil entende que, visando a transparência do processo e a título de informação para os clubes e federações, é fundamental que todos saibam quem são os candidatos ao pleito. O HB vai insistir em uma resposta oficial por parte da entidade, mas iremos divulgar os nomes que constam nas chapas assim que tivermos conhecimento.

Centro de Hóquei de Deodoro, ainda sem liberação para o hóquei, é usado pelo futebol americano

fluminense.jpg

Fluminense Guerreiros em Deodoro

A equipe de futebol americano Fluminense Guerreiros treinou no último domingo (12) um dos campos do Centro de Hóquei de Deodoro, usado nas Olimpíadas de 2016. A equipe treinou pela primeira vez no local, em preparação para a Liga Nacional, depois de uma parceria entre a Escola de Educação Física do Exército e o clube.

Após o replantio do gramado do estádio das Laranjeiras, na zona sul do Rio de Janeiro, os treinos vão passar a ser realizados nas instalações do clube, que estuda a criação de uma escolinha de futebol americano. Vale lembrar que os campos ainda não foram liberados para a prática de hóquei sobre grama, apesar no número significativo de praticantes na região. Nós estamos tentando contato com o Exército e a CBHG para saber os motivos.

.

Vêm aí as eleições para a presidência da CBHG

SYDNEI

O presidente da CBHG, Sydnei Rocha

Dia 28 de março, terça-feira, 10h30 da manhã. Guarde bem essa data. Representantes de federações e clubes vão se reunir na sede da CBHG no Rio de Janeiro para escolher o novo presidente da entidade. A CBHG ainda não apresentou oficialmente um candidato, que pode ser o atual presidente, Sydnei Rocha, dependendo da interpretação das novas regras sobre a sucessão em confederações esportivas. Sydnei está no poder desde 2004, desde que a confederação foi criada. Há especulações de que caso ele não concorra, o cabeça da chapa, para ocupar o lugar de Sydnei, seja o atual gerente-geral da entidade, Bruno Patrício. A oposição deve lançar uma chapa para concorrer na disputa desse ano.

Poderão votar as federações estaduais que estejam de acordo com o estatuto da CBHG, clubes filiados que tenham participado do campeonato brasileiro adulto, masculino ou feminino, do ano anterior, e que estejam em dia com suas obrigações estatutárias, e o atleta eleito pela Comissão de Atletas. A CBHG fica na Rua Buenos Aires, nº 93, sala 1211, no centro do Rio de Janeiro. Na mesma eleição vão ser escolhidos o novo vice-presidente, e os integrantes do Conselho Fiscal.